Vacina ofertada gratuitamente pela Rede SUS: Cobertura vacinal da BCG em Goiânia é de 97%

Vacina protege contra a meningite tuberculosa e a recomendação é de que seja aplicada nos primeiros dias de vida do bebê

O dia 01 de julho foi decretado como Dia da Vacina BCG, no intuito de alertar para a importância do imunizante. Em Goiânia, a cobertura vacinal é de 97,54%, considerando os meses de janeiro a maio. Prevista no Calendário Básico de Vacinação, a BCG é ofertada gratuitamente pela Rede SUS da capital.

A vacina BCG é disponibilizada no Brasil desde 1976 e protege contra a meningite tuberculosa, que pode levar à morte. Trata-se do processo inflamatório das meninges, membranas que envolvem cérebro e medula espinhal. O imunizante é indicado para recém-nascidos a crianças de quatro anos. Porém, a recomendação é de que seja aplicado logo após o nascimento, nos primeiros dias de vida.

“A tuberculose é uma doença altamente transmissível e evolui de forma mais grave no recém-nascido, provocando alta mortalidade ou sequelas”, explica o secretário municipal de saúde, Durval Pedroso. Sendo assim, é importante que o bebê seja vacinado logo após sair da maternidade. Porém, há casos de crianças nascidas em outros países que não incluem a BCG no esquema vacinal básico e vêm morar no Brasil.

“Essas crianças de até cinco anos incompletos podem, sim, buscar uma das unidades que aplicam a vacina para colocar o esquema em dia”, esclarece a coordenadora da CMV, Fernanda Pio. Atualmente, são mais de 20 unidades de saúde atendendo à comunidade para aplicação do imunizante, além do CMV. Os locais e horários podem ser visualizados no site oficial da Prefeitura.

Matéria produzida por Luciana Gomides, da editoria de Saúde da Prefeitura de Goiânia

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás