Aylton Vechi tomará posse na segunda-feira para segundo mandato como procurador-geral de Justiça de Goiás

Procurador-geral de Justiça de Goiás, Aylton Flávio Vechi

Eleito pelos membros do Ministério Público de Goiás (MP-GO) com 90% dos votos válidos em 5 de fevereiro e nomeado para o cargo no mesmo dia pelo governador Ronaldo Caiado, Aylton Flávio Vechi tomará posse na segunda-feira (8/3) para o segundo mandato como procurador-geral de Justiça de Goiás, biênio 2021-2023. A solenidade, marcada para as 15 horas, na sede do MP-GO (sala 201), terá formato híbrido, com participações presenciais e virtuais, em razão das medidas restritivas para contenção da disseminação da pandemia da Covid-19. O evento será transmitido pelo canal do MP-GO no YouTube.

Entre as participações presenciais na cerimônia estão o governador Ronaldo Caiado; o presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira; o presidente do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), desembargador Carlos Alberto França; o vice-governador Lincoln tejota; o corregedor-geral do MP, Paulo Sérgio Prata Rezende; o presidente da Seccional goiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Lúcio Flávio Siqueira de Paiva; e o presidente da Associação Goiana do MP (AGMP), José Carlos Miranda Nery Júnior.

Acompanharão a sessão por vídeo procuradores-gerais de todo o país, conselheiros do Conselho Nacional do Ministério Público e os presidentes da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp) e do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG), além de autoridades como o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz; o arcebispo de Goiânia, Dom Washington Cruz; e parlamentares goianos.

A cerimônia de posse é uma sessão solene do Colégio de Procuradores de Justiça. Os integrantes do colegiado participarão de forma remota.

Currículo
Natural de Sorocaba (SP), o novo procurador-geral de Justiça cursou Direito na Instituição Toledo de Ensino, em Bauru, concluindo o curso em 1989. Ingressou no Ministério Público de Goiás em 1990, passando pelas comarcas de Alvorada do Norte, Rialma, Itapaci, Rio Verde, Itumbiara e Goiânia. Foi promovido a procurador de Justiça em 1998. Integrou o Conselho Superior do MP por 11 vezes. Foi ainda chefe de Gabinete e assessor administrativo da Procuradoria-Geral de Justiça. Também exerceu dois mandatos como corregedor-geral do MP-GO, tendo presidido o Conselho Nacional dos Corregedores-Gerais dos Ministérios Públicos dos Estados e da União (CNCGMPEU) em 2013. Atualmente, é vice-presidente para a Região Centro-Oeste do CNPG. 

Assessoria de Comunicação Social do MP-GO – Foto: João Sérgio Araújo

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás